1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem avaliações)
Loading...

6 Rosas para o seu jardim

Ter um jardim em sua casa de dar orgulho é um sonho seu? Pois saiba que ele é completamente possível se você realmente se dedicar a ele. E nem precisa abdicar muito do seu tempo para isso não, viu? Plantando as flores certas e com os cuidados periódicos necessários, já é possível deixar o seu quintal lindo e florido.

Uma das plantas mais legais e bonitas para se ter em seu jardim é a clássica rosa, afinal, elas são incríveis e possuem diversas espécies diferentes para enfeitar a sua residência. Ficou em dúvida sobre qual escolher? Então, confira uma lista de 6 rosas que não podem faltar!

6 Rosas para o seu jardim

  1. Mini-rosas

As rosas em miniatura são muito apreciadas por seu charme. Elas podem se adaptar a diversos tipos de clima e precisam de sol direto por cerca de 6 a 7 horas por dia. Além disso, alcançam cerca de 40 cm e devem ser regadas duas vezes por semana.

Mini-rosas

Mini-rosas. Imagem:divulgação

  1. Rosas rasteiras

Como o nome já diz, elas são as rosas que ficam próximas ao solo e, dependendo do tipo, podem florescer durante o ano todo. O ideal é que elas recebem o máximo de luz solar, cerca de 6 a 7 horas por dia, porém, é necessário regar moderadamente e diminuir a freqüência no inverno.

  1. Rosa arbustiva

As rosas arbustivas chamam bastante atenção já que podem alcançar até 2 metros de altura. Com folhagem densa, elas possuem maior resistência ao frio e possuem um crescimento mais acelerado. Também devem receber luz diariamente e devem ser regadas duas vezes por semana.

Rosa arbustiva

Rosa arbustiva. Imagem:divulgação

  1. Rosa sempre-florida

Este tipo de roseira está sempre cheia e esbanjando beleza nos jardins. Suas flores são de pequeno e médio porte com cachos que chegam de 80 cm a 1,20 cm. Preferindo adubação orgânica, esse tipo de planta deve ser regado duas vezes por semana.

  1. Rosa trepadeira

A rosa do tipo trepadeira possui ramos longos que podem ser direcionados para cobrir alguma área, mas elas não possuem esse tipo de “natureza”. Ideal para locais arejados, ela deve ser adubada três vezes ao ano e regadas duas vezes por semana, recebendo luz solar o dia todo.

Rosa trepadeira

Rosa trepadeira. Imagem:divulgação

  1. Rosa híbrida-de-chá

A rosa híbrida-de-chá e conhecida por ter ramos bem fortes. Seu nome foi dado devido do cheio característico que lembra o chá preto chinês. Devendo ser regada duas vezes por semana, elas precisam de luz o dia todo e de adubação 3 vezes ao ano.

Minha Casa Minha Vida

Por fim, nada melhor do que poder cultivar tanta beleza em sua casa própria, não é? Por isso, uma boa oportunidade para você que está sonhando com a sua é conhecer o programa Minha Casa Minha Vida.

Desenvolvido pelo Governo Federal, ele pode ser utilizado tanto para área urbana quanto rural e funciona como uma linha de financiamento com vantagens de acordo com a faixa salarial familiar – sendo ela máxima de R$ 7 mil reais mensais para habitações urbanas. Já para as rurais o número é um pouco diferente, já que o cálculo é anual.

Minha Casa Minha Vida

Minha Casa Minha Vida. Imagem:divulgação

São muitas vantagens relacionadas a valores, prazo de pagamento, taxa de juros e subsídios. No total, são 4 grupos diferentes de faixa de renda e, cada um deles, tem suas especificidades.

Para participar, o primeiro grupo deve recorrer à prefeitura da cidade para se inscrever no sorteio. Já as demais famílias podem procurar uma Caixa Econômica Federal e entregar toda a papelada da contratação. Quer saber mais sobre o programa Minha Casa Minha Vida? É só acessar o site oficial e conferir todas as informações. Lá estão disponíveis os mínimos detalhes para você conquistar a sua casa dos sonhos e ter um espaço só seu para cultivar suas rosas.

Recomendados para você:

Comente (será moderado)