1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (16.887 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Cadastro Internet Minha Casa Minha Vida

O Minha Casa Minha Vida é um dos programas habitacional mais conhecido do Brasil. Segundo dados divulgados pelo Governo Federal, ele já beneficiou 1,5 milhão de famílias em todo o país e até o final do ano deve entregar ainda 510 mil casas ou apartamentos para pessoas de baixa renda. Veja mais sobre o Cadastro internet Minha Casa Minha Vida.

O Programa minha casa minha vida constrói imóveis que são vendidos sem arrendamento para famílias, com financiamento de até 96% do valor da residência, que se encontram principalmente na faixa I, ou seja, que recebem mensalmente até R$ 1.600,00.

Cadastro Internet Minha Casa Minha Vida

Cadastro Internet Minha Casa Minha Vida. Imagem:divulgação

As outras faixas II e III, de até R$ 3.100,00 e até R$ 5 mil, respectivamente, recebem algumas facilidades, como, por exemplo, descontos, subsídios e redução do valor de seguros habitacionais.

O Programa atende também na área rural, a diferença é que a renda do candidato é somada anualmente, com a faixa I até 15 mil, a II até 30 mil e a III até 60 mil. Em geral, o Programa acontece em parceria com Estados, Municípios, empresas e entidades sem fins lucrativos.

Saiba mais Informações: Acesse, Simulado Caixa Minha Casa Minha Vida

Como funciona o cadastro internet Minha Casa Minha Vida

Na maioria das cidades, o cadastro funciona pela internet nos sites das Prefeituras Municipais, nas Secretarias de Habitação e nas Companhias de Habitação ou em entidade sociais e associações comunitárias.

É preciso acessar o endereço eletrônico da Prefeitura Municipal de onde o candidato mora para obter todas as informações sobre as inscrições feitas pela internet e para também manter o cadastro com informações atualizadas.

Cadastro Internet Minha Casa Minha Vida

Cadastro Internet Minha Casa Minha Vida. Imagem:Divulgação

Segundo os critérios do programa, podem se cadastrar brasileiros que sejam maiores de 18 anos ou emancipados. Os candidatos não devem ter imóveis próprios, nem ter participado de outros programas habitacionais e devem se encaixar na faixa I do programa, com renda de até R$ 1.600,00.

As famílias moradoras de áreas de risco, pessoas com deficiência e mulheres responsáveis pelo sustento da família terão prioridade no cadastro. Os candidatos serão indicados pela Prefeitura ou pelo Estado, sendo a seleção feita por meio de um sorteio público e seguindo os critérios estabelecidos pelo Programa.

Saiba mais Informações: Acesse, Caixa Habitação – Simulado Caixa Casa Própria

Como funciona após o sorteio do Minha Casa Minha Vida?

Com a documentação aprovada, a família poderá pagar o financiamento da casa própria em até 120 prestações. É preciso levar identidade, CPF, comprovante de moradia, certidão de nascimento, casamento ou divórcio, cartão do cadastro único (CadÚnico) e do Bolsa Família (caso possua) e o número de Identificação Social (NIS).

O valor da parcela é de até 5% da renda familiar, mas nunca abaixo de R$ 25,00. O financiamento terá como garantia o próprio imóvel e depois da assinatura do contrato a família terá até 30 dias para se mudar na nova casa.

Comente (será moderado)