1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem avaliações)
Loading...

Como cultivar orquídeas

As orquídeas são famosas por sua beleza e já conquistaram muitas pessoas que a cultivam em suas casas. Mas, apesar de lindas e coloridas, elas não servem apenas para deixar o ambiente mais agradável e devem ser cuidadas propriamente para que se mantenham vivas.

Como qualquer planta, as orquídeas têm alguns cuidados básicos e outros mais específicos, mas não é nada impossível ou que você não consiga encaixar na sua rotina e dia a dia. Então, que tal aprender um pouco mais sobre como cuidar delas aí na sua residência? 

Escolha uma que se adapta á sua região

Existem muitas espécies de orquídeas e cada uma delas possui um ciclo diferente que florescem até duas vezes ao ano. Por isso, muitas pessoas gostam de ter tipos diferentes em casa. Mas, muito mais importante do que apostar na variedade, é interessante também escolher aquelas que crescem na sua região.

Mas por quê? Fácil, elas já estão mais adaptadas ao clima e ao solo. Ou seja, se você mora em uma região muito seca e quer cultivar orquídeas de uma região mais úmida, pode ser mais trabalhoso ou acabar não dando certo. Assim o processo é facilitado para ambas as partes.

Cuidados diários em casa

É importante que o vaso em que as orquídeas estão plantadas fique sempre úmido. Para isso, você pode regá-las duas ou três vezes por semana e, nos outros dias, vaporizar a planta em um horário que ela não fique exposta ao sol. E por falar em sol, ela precisa receber luminosidade diariamente, então, procure posicioná-la em um lugar em que receberá os primeiros raios de sol (começo da manhã) ou os últimos (no final da tarde).

Também é ideal se atentar para a ventilação do espaço: ele deve ser arejado, mas sem contato direto com o vento para não danificar a planta. Já em relação à adubação, dê preferência para os líquidos, que podem ser adicionados à água da vaporização. 

E se aparecer praga?

Calma, nada de se desesperar.  Caso você siga corretamente os passos de cuidados, as plantas estarão sempre fortes e saudáveis. Mas ao aparecimento de algum deles, principalmente as cochonilhas, será necessário entrar com um agente defensor. Para que as orquídeas não corram risco, prefira os que são naturais, que podem muitas vezes ser feitos em casa. Assim você evita danificar a planta e, claro, as terá sempre lindas e saudáveis.

Minha Casa Minha Vida

Por fim, nada melhor do que poder cultivar tanta beleza em sua casa própria, não é? Por isso, uma boa oportunidade para você que está sonhando com a sua é conhecer o programa Minha Casa Minha Vida. Desenvolvido pelo Governo Federal, ele pode ser utilizado tanto para área urbana quanto rural e funciona como uma linha de financiamento com vantagens de acordo com a faixa salarial familiar – sendo ela máxima de R$ 7 mil reais mensais para habitações urbanas. Já para as rurais o número é um pouco diferente, já que o cálculo é anual.

São muitas vantagens relacionadas a valores, prazo de pagamento, taxa de juros e subsídios. No total, são 4 grupos diferentes de faixa de renda e, cada um deles, tem suas especificidades. Para participar, o primeiro grupo deve recorrer à prefeitura da cidade para se inscrever no sorteio. Já as demais famílias podem procurar uma Caixa Econômica Federal e entregar toda a papelada da contratação.

Quer saber mais sobre o programa Minha Casa Minha Vida? É só acessar o site oficial e conferir todas as informações. Lá estão disponíveis os mínimos detalhes para você conquistar a sua casa dos sonhos e ter um espaço só seu para cultivar

Recomendados para você:

Comente (será moderado)