1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem avaliações)
Loading...

Como escolher as sementes para sua horta doméstica

Atualmente, temos muitas pessoas interessadas em ter uma qualidade de vida melhor, e tem optado em ter sua própria horta. No entanto, nem sempre elas obtêm sucesso. Isso ocorre em sua grande maioria, devido às más escolhas das sementes. Compramos envelopes de sementes de marcas idôneas e bem-conceituadas, e mesmo assim nossas plantinhas teimam em não se desenvolver.

Temos inúmeras sementes de hortaliças e flores contém alta tecnologia na sua produção. Os pesquisadores desenvolvem, através de hibridizações e melhoramento genético, sementes de plantas produtivas, resistentes às doenças e com adaptações específicas para cada região do país.

O mesmo acontece com o repolho, a beterraba, a alface e uma infinidade de hortaliças, tudo graças a um excelente programa de seleção e desenvolvimento de híbridos.

horta doméstica

horta doméstica. Imagem:divulgação

Então, para entendermos melhor como escolher nossas sementes, abaixo preparei uma sequência de fotos mostrando informações importantes sobre as sementes que podemos obter facilmente observando a embalagem. Estas informações são fáceis de entender por qualquer pessoa.

Para facilitar, a melhor escolha é aprender um pouco mais sobre cada tipo de tempero. Existem diversas opções de ervas e temperos que podem ser cultivados em vasos, colocados em pequenos espaços. Os temperos mais comuns para plantar em casa são alecrim, cebolinha, salsa, coentro, hortelã, manjericão, manjerona, tomilho e orégano.

Como escolher as sementes para sua horta doméstica

Alecrim: Em geral, é usado para temperar carnes e legumes (melhor tempero). Deve ser plantado em um vaso redondo e fundo, com profundidade de 30 a 40 centímetros. Precisa de ambientes ensolarados.

Hortelã: É usada para temperar pratos salgados, como saladas, peixe e carneiro, mas também para aromatizar sucos e sobremesas. Deve ser plantada em um vaso com terra sempre úmida e precisa ficar em um local com exposição ao sol. A hortelã deve ser plantada sozinha, pois suas raízes podem matar plantas próximas.

horta doméstica

horta doméstica. Imagem:divulgação

Manjericão: Dá um sabor e aroma especiais à comida. É utilizado em molhos, carnes e peixes. Não deve ser plantado em um vaso pequeno, pois pode chegar a 60 centímetros de altura. Precisa ser bem hidratado e ficar em um local em que pegue sol.

Orégano: É amplamente utilizada na cozinha: em pizzas, saladas, molhos, peixes e carnes. Pode ser plantado em recipientes menores, gosta de solo leve, umidade e bastante luz.

Tomilho: Pode ser usado no tempero de peixes ou carnes. Chega a 30 centímetros de altura e pode ser plantado em um vaso pequeno. Precisa de bastante sol.

Manutenção da plantação

Retire folhas secas e amareladas das ervas e revolva a terra a cada três meses, com cuidado para não danificar as raízes durante a operação. A horta em vasos dura de seis meses a um ano. Passado esse período, troque a planta por outra.

Para aqueles que ainda não possuem a casa própria, existem alguns programas que ajudam a realizarem esse objetivo. O mais famoso é o Minha Casa Minha Vida, um programa do Governo Federal, gerenciado pela Caixa Econômica Federal.

Minha Casa Minha Vida

Minha Casa Minha Vida. Imagem: divulgação

Caso você esteja nos requisitos que citados acima, será necessário apresentar os seguintes documentos:

* Identidade (pode ser o RG);

* CPF;

* Cadastro Habitacional, ficha de cadastro;

* Comprovante de renda dos últimos 6 meses;

* Extrato do FGTS (atualizado);

* Imposto de Renda;

* Carteira de Trabalho (pode ser o xérox);

* Certidão de casamento (caso seja esse seu estado civil);

* Comprovante de despesas como: Água, Luz, Gás, Aluguel, Escola, etc…

No caso dos trabalhadores autônomos, é necessário apresentar também os seguintes documentos:

* Extrato bancário dos últimos seis meses.

* Declaração do imposto de renda do período anterior

Recomendados para você:

Comente (será moderado)