1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem avaliações)
Loading...

PEP – Financiamento Estudantil Privado. Como se Inscrever

O sonho de ingressar no ensino superior pode ter mais barreiras do que apenas tirar uma boa nota no vestibular. As mensalidades dos cursos são altíssimas e algumas pessoas não tem condições de desembolsar mais de R$ 1.000,00 por mês.

Saiba mais informações, acesse: Minha Casa Minha Vida Inscrição, Inscrições 2016 e 2017

Alguns tentam conseguir bolsas integrais, outros ganham bolsas parciais (onde o aluno paga apenas a metade da mensalidade) e para aqueles que não conseguem nenhuma das bolsas ainda tem a chance de financiar a faculdade.

PEP – O que é Isso?

A sigla PEP significa Parcelamento Estudantil Privado. O PEP é uma alternativa de pagamento da mensalidade escolar que é disponibilizada pela própria Instituição. Ou seja, o aluno tem a livre escolha de como deseja pagar a faculdade, podendo optar pelo PEP desde que a instituição que irá ingressar esteja participando deste programa.

PEP – O que é Isso?

PEP – O que é Isso?

No PEP o aluno pode parcelar até 70% do curso e pagar depois de formado sem juros. Outra facilidade é que o aluno não precisa ter conta em banco, o contrato é realizado direto com a Faculdade. Para se inscrever o aluno não precisa ter realizado o ENEM, mas para aqueles que fizeram é possível utilizar a nota do ENEM como forma de ingresso, ao invés do vestibular.

PEP – Quais são as Faculdades Participantes e como se Inscrever?

São seis faculdades que participam do PEP, são elas: Anhanguera, Fama, Pitágoras, UNIC, UNIDERP, UNIME. A seguir traremos o passo-a-passo para quem deseja participar do PEP:

  1. O candidato precisa realizar a inscrição no vestibular de uma das faculdades participantes do programa;
  2. Seguir as instruções de data e local da prova para realizar o vestibular;
  3. Após o resultado da prova do vestibular, caso o candidato tenha sido aprovado já pode realizar a matrícula na instituição;
  4. No ato da matrícula o aluno deve informar que deseja aderir ao PEP.

PEP – Como Funciona?

O PEP está disponível para determinados cursos de ensino de graduação presencial e se aplica apenas para alunos calouros. O PEP é dividido por modalidades, são elas: PEP 25, PEP 30 e PEP 50.

O pagamento de 70% do curso após a formatura se aplica a curso com vagas ao PEP 25. No primeiro ano de faculdade (1º e 2º semestre) o aluno paga 25% da mensalidade, a partir do segundo ano de faculdade (3º e 4º semestre) o aluno paga 30% da mensalidade.

Após a conclusão do curso, o aluno passará a pagar 70% da última mensalidade vigente. Considera-se como saldo devedor a diferença mensal entre o percentual da mensalidade paga pelo aluno e a mensalidade referência do curso à época de cada vencimento no semestre letivo. O PEP 25 não está disponível para todos os cursos, é importante verificar em qual das modalidades o seu curso pode se encaixar.

Saiba mais informações, acesse: Com Funciona o Cartão Reforma ?

Para maiores informações sobre as modalidades do PEP, as condições de parcelamento, as unidades participantes, entre outras, podem ser consultadas diretamente nos regulamentos do PEP. Cada uma das modalidades (PEP 25, PEP 30 e PEP 50) possui o seu regulamento próprio que pode ser consultado no site do Parcelamento Estudantil Privado, através do link: http://www.parceleafaculdade.com.br/. Lembrando que o PEP está sujeito a disponibilidade de vagas.

PEP – O que é Isso?

PEP – O que é Isso?

PEP – Qual a diferença do PEP e do FIES?

Algumas pessoas confundem o PEP com FIES, mas na realidade os dois possuem apenas o mesmo objetivo que é auxiliar aqueles que não pode arcar com os custos da faculdade. A seguir veremos os aspectos que diferenciam o PEP do FIES:

  1. O PEP não exige nota do ENEM, já no FIES é necessária nota mínima de 450 pontos e nota maior que zero na redação.
  2. No PEP não é necessário ter conta em banco, no FIES é preciso ter conta no Banco do Brasil.
  3. O PEP não é um financiamento, é um parcelamento. O FIES é um financiamento de até 95% da mensalidade.
  4. O PEP não gera juros, o FIES gera uma taxa de juros de 6,5% ao ano.
  5. No PEP o aluno paga apenas depois de formado no mesmo tempo de duração do seu curso. No FIES o aluno paga o saldo devedor após 18 meses de formado e em até 12 anos.

Recomendados para você:

Comente (será moderado)